segunda-feira, 9 de março de 2009

What you really believe?

"The heavens declare the glory of God; the skies proclaim the work of his hands." Psaml 19.1

E se aquela certeza um dia fosse confrontada?
E se naquela convicção houvesse uma dúvida?
E se aquilo que você sempre acreditou e defendeu fosse um mito, uma simples história?
Será que aquele Deus que sempre segui realmente existe?
Qual é a prova física e racional de que Ele realmente vive?

Isso não só me deixou intrigado, mas também me deixou triste. Triste porque cheguei a duvidar daquilo que sempre acreditei piamente, não só porque acreditava, mas porque aquilo (se é que posso dizer assim), para mim, era palpável. A voz eu podia ouvir, o toque eu podia sentir, sabia que estava ao meu lado e sabia quando o entristecia ou o alegrava, somente não o via fisicamente. E mesmo podendo ouvir, tocar e sentir cheguei a duvidar, simplesmente porque nunca o vi fisicamente? E a resposta, depois de muitos pensamentos, chegou como um tiro que saiu rasgando e quebrando aquelas dúvidas. A resposta era: Fé. Seria muito fácil acreditar em um Deus que aparecesse a qualquer um a todo o momento, digo, fisicamente, se fosse assim, como demonstraríamos nossa fé, se é justamente isso que Ele quer de nós? Fé não precisa ter justificação racional, simplesmente porque é fé. É acreditar naquilo que não se pode ver.

Esse é um post que não irá interessar a todos porque a muitos a existência ou não de um Deus é dispensável e inútil. Não espero vários comentários, na verdade não espero nem que alguns leiam porque esse é um assunto polêmico e um post nada engraçado. Para muitos, ser evangélico é perder os melhores momentos da vida, é julgar os outros por serem ou fazerem coisas diferentes, viver em uma cúpula com a mente fechada e achar que tudo é o diabo.
O verdadeiro “crente” não julga as pessoas pelo o que elas sejam ou fazem, mas os recebe independente de tudo isso, não fica só fechado no seu pensamento e mundo, mas é aberto a discussões e troca de idéias sobre outros tipos de crenças sem que isso abale sua fé. Deus não quer religiosidade e sim, amor.
Perder os melhores momentos da vida é curtir sem bebidas alcoólicas? Perder os melhores momentos da vida é curtir sem drogas? Perder os melhores momentos da vida é não transar com qualquer mina que abra as pernas pra você, simplesmente para perder a virgindade? Se o pensamento é esse então eu sou o mais errado do mundo.

O intuito desse post não é mudar a sua opinião sobre a existência ou não de um Deus ou sobre a sua religião, respeito o livre-arbítrio de todos, acredito que cada um tem o direito de seguir o que deseja e o que aceita em seu coração.

Pra finalizar quero dizer que uma das melhores coisas aconteceu comigo, descobri que amo uma pessoa mais que a mim mesmo e hoje, apesar das dificuldades estou junto dela. Lilian, tudo o que estiver ao meu alcance pra que você seja a pessoa mais feliz do mundo eu farei, ao menos, tentarei. Te amo...

9 comentários:

Mayk disse...

ótimo texto....

e realmente, quero continuar sendo "errado" pra esse mundo
rs

bruna cristina disse...

Fe o blog. tah... como poderia dizer... SHOW... viu amor. tah muito legal e ainda por cima.. um texto Frenético kakaka =D

suzanne ! disse...

religião é um assunto meio complicado de falar, opinar.. eu tenho mais ou menos uma opinião e acho que ate você sabe qual é.. enfim, fico feliz por você ter uma religião não "à toa" (?) ou "só porque sua mãe te ensinou assim".. tem um fundamento pra você, entao ok!

e quanto ao ultimo paragrafo.. hauhauh que bonitinhos.. torço por vocês:]

Gabs disse...

acredite naquilo que é certo pra você,FATO! ;)

o blog está muito bom,Fê sz

Gus! disse...

Acima de "perder os melhores momentos da vida", o importante é seguir o seu estilo de vida sem preocupações de terceiros, se você é feliz assim - e sem fazer mal pra ninguém - continue desse jeito.

O importante é que é importante PRA VOCÊ :)

Lilian disse...

isso aeew feh
a gente tem que ter fé acima de tuudo ^^
eu achoo que é uma das coisas maaais importantes que existee :DD


e meeeeeeeu *_*
eu amo muuuito voce
e tenho certeza que vou ser feliz mais do que nunca do seu lado *-*

Mag disse...

Nossa Fernando esse texto é realmento complexo, demorei para postar um comentário pq fiquei a pensar e repensar, e com certeza esse assunto renderia horas de debates entre Cristãos e Ateus, porém eu como sua irmã em Cristo, e mais velha rsrsrrrsrs posso dizer que a Fé realmente é algo difícil de se viver, ainda mais nos tempos atuais, mas é Cristo quem nos dá forças para mante-la, nos revelando a mentira formada em nossas mentes, e nos mostrando o que é real pela nossa Fé. Digo tudo isso por experiência própria. Muitos não crêem por medo de não serem aceitos, por acharem que Deus é castigador, mas o amor de Deus é para todos, e é incondicional, mas realmente é muito difícil faze-las acreditarem, mas nada é impossível para Deus, cabe a nós conhecedores de Cristo levar a palavra, junto com nossas experiências, tanto na luta, como na abonança, e o restante só Ele pode fazer.
E falando sobre bebidas, drogas não há na face da terra coisa pior do isso, pq tudo isso escraviza, humilha, degrada e mata, faz a pessoa fazer coisas que em sã consciência não faria, e só se pode ser liberto pela Fé em Cristo.
Reflexão
Hebreus 11; 1 ao 3.
Fica com Deus
Bjus

Leo - It's a long way... disse...

Cara... Siga o que vc acha que é certo, e que te faça mais feliz... =) É isso que eu posso te dizer... ;D

Mariiii...na :D disse...

haha a feeee.... q merda. sou a unica que não escreve bem???? :p
e caracas... que nunitchenho a parte da guria :'D rsrsrs
bjo feeee. meu pretinho do s2